VAMOS INTERVIR
para que realmente aconteça...
ELFO - Empowering guardians, Legal representatives and FOster families of children deprived of parental care against violence through child rights
/
Áreas de Actividade
/
Investigação
/
Crianças e Jovens
/
ELFO - Empowering guardians, Legal representatives and FOster families of children deprived of parental care against violence through child rights
Navegação
Assessoria
Avaliação
Formação
Investigação


ELFO - Empowering guardians, Legal representatives and FOster families of children deprived of parental care against violence through child rights
Duração (início e fim): 01-12-2016 a 30-11-2018
Equipa: Ana Cardoso (coord.), Ana Paula Silva
Entidade financiadora: Comissão Europeia, DG Justice
Entidade promotora: Defence for Children Itália
Parcerias: CESIS - Centro de Estudos para a Intervenção Social, Portugal; Defence for Children, Espanha; Arsis,Grécia; Pulse Fondation, Bulgária

 

O projeto tem como objetivo central melhorar o nível e a qualidade da proteção das crianças vítimas ou potenciais vítimas de violência, capacitando os/as representantes legais e famílias de acolhimento de crianças privadas de cuidados parentais dentro de um quadro integrado de proteção à criança.

O projeto ELFO desenvolverá as seguintes ações:

•          Organização de um programa de formação para cidadãos e cidadãs constituídas por 3 sessões de meio-dia de acordo com a disponibilidade das famílias interessadas

•          Disseminação das atividades desenvolvidas

•          Criação de materiais informativos

 

Em cada um dos países existe também uma parceria com uma entidade pública:

- Direção Regional de Assistência Social Pernik (Bulgária);

- Direção de Bem-estar Social, Região da Macedónia Central (Grécia);

- Câmara Municipal de Genova (Itália);

- Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Proteção das Crianças e Jovens (Portugal);

- Serviços regionais de assistência à Infância (Espanha).

 

A formação prevista no projeto ELFO orienta-se pelos seguintes objetivos:

CONHECIMENTO - Reforçar o conhecimento dos elementos centrais que representam uma abordagem baseada nos direitos da criança e jovem.

COMPREENSÃO - Compreender as orientações e analisar a própria experiência profissional e pessoal à luz de uma cultura baseada nos direitos humanos e no reconhecimento da pessoa como o centro da intervenção.

PRÁTICA - Partilhar a possibilidade de usar a Convenção das nações Unidas sobre os direitos da Criança na análise e implementação de atividades para e com as crianças e jovens.

POSICIONAMENTO - Destacar as implicações e as escolhas profissionais ao nível deontológico, cívico e cultural que podem ser determinados pelos direitos humanos tanto para as crianças quanto para o contexto social e económico.

 

Quem pode participar?

  • Qualquer cidadão / cidadã que esteja interessado/a em participar numa formação para que se possa sentir melhor preparado/a para ser tutor, família de acolhimento ou desempenhar um papel importante enquanto representante legal e promotor/a dos direitos das crianças que, por alguma razão, estão privadas de cuidados parentais e carecem de proteção.
  • Pessoas que já sejam tutoras ou responsáveis por famílias de acolhimento.

 

Quem se está a apoiar?

As pessoas beneficiárias do projeto ELFO são, em última instância, crianças e jovens que se encontrem privados temporária ou definitivamente da sua família natural.

Cada criança com menos de 18 anos de idade, independentemente da sua nacionalidade, cor de pele, sexo, idioma, religião ou outras características, tem o direito a usufruir de todos os direitos consagrados na Convenção das Nações Unidas sobre os Direitos da Criança.

A Convenção reconhece que cada criança, para o desenvolvimento harmonioso da sua personalidade, deve crescer num ambiente familiar, em clima de felicidade, amor e compreensão.

 

Estrutura do programa de formação

O currículo de formação está a ser adaptado de acordo com a realidade de cada país respeitando os direitos das crianças e dos jovens, e orientando-se pelo seu superior interesse.

 

Metodologia e duração

A formação basear-se-á em metodologias ativas partindo-se das experiências dos/as pessoas envolvidos/as. A formação terá uma duração de 12 horas. Após a formação está prevista supervisão, de acordo com as necessidades de cada grupo.

 

Materiais

Brochura informativa

 

Manual de Formação

 

Relatório

 

Vídeo

 

 



CESIS - Centro de Estudos para Intervenção Social
© Œ Todos os direitos são reservados. 2014
BY:
design binário
Subscreva a nossa newsletter